O Hobbit: A Desolação de Smaug – A ostentação de Peter Jackson

J.R.R. Tolkien escreveu O Hobbit de forma bastante despretensiosa, estruturando o arco narrativo de maneira bem simples: éramos apresentados a um grupo de personagens, que partiam em uma jornada e enfrentavam diversos desafios para derrotar um dragão, a fim de reclamar para si suas riquezas e recuperar sua antiga morada. Originalmente, o livro de 300 páginas seria adaptado em duas partes, mas a tentação de explorar ao máximo o rico universo construído por Tolkien, fazendo uma ponte com a trilogia do anel e construindo de fato uma hexalogia, aproveitando para faturar mais alguns bilhões em bilheteria foi forte demais. Em O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, primeiro capitulo dessa nova trilogia, fomos apresentado a Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) e a companhia dos anões liderada por Thorin, Escudo de Carvalho (Richard Armitage). O resultado foi um longa com os dois primeiros atos bastante arrastados, mas que nos trouxe de volta a Terra-Média de forma bastante aventureira e lúdica. Sabendo que legião de fãs esperava ansiosa pelo segundo capitulo dessa jornada, Peter Jackson sabia o peso da responsabilidade que tinha.

Continue lendo

Anúncios

Carrie: A Estranha – Um dos remakes mais equivocados já feitos

Dois anos após sua publicação, Carrie – A Estranha, primeiro romance escrito por Stephen King, logo ganhou sua adaptação cinematográfica. Sob a tutela de Brian De Palma, a adaptação se mostrou digna do material original, fazendo um profundo estudo de temas como bullyng, sexualidade e fanatismo religioso. O filme se tornou cult e estabeleceu a personagem como um ícone da cultura americana. Além da versão de 1976, o livro foi adaptado mais uma vez em 2002, no telefilme estrelado por  Angela Bettis e Emilie de Ravin (a eterna Claire de Lost). Como você pode perceber, Carrie White não é tão estranha assim ao grande público, portanto a diretora Kimberly Peirce sabia que não teria vida fácil ao aceitar dirigir esse novo remake.

Continue lendo