Uma Dose Gamer – Como é bom ser uma cabra!

E ae seus nerds tetudos que fedem a cheetos, como vão vocês? Eu vou bem, e obrigado por xingar a minha mãe, seu recalque bate no meu PS4 e volta. Não fiquem com ódio e apertem o x ali no canto… o blog é legal, tem textos legais e os colunistas sabem escrever HUEHUE, BULLYNG DETECTED. Junte-se a nós nessa vibe inconveniente e divertida, onde a zoera never ends, onde todos somos um só, onde eu esqueci mais o que ia falar e por ai vai. Perca seus sagrados minutos nessa coluna de tema mais nerd possível no blog mais nerd possível lendo a analise desse game que pode ganhar até o Game of the Year! Me refiro a Goat Simulator!

Como deve ser legal ser uma cabra, né? Provável que metade da população já deve ter pensado nisso e garantido que se fosse um animal numa outra vida seria uma cabra. Cabras são legais, elas fazem coisas… de cabras!? Meu cérebro bugou, perdoe essa mente doentia que vós escreve, mas é que esse game é de tirar o folego e atenção de qualquer um. Voltando ao assunto, a Coffee Stain Studios também deve ter pensado ‘’Nossa, como é legal ser cabra, vamos desenvolver um game onde você é uma cabra?’’ e o resultado foi esse. Lançado no dia 1º de abril de 2014 (guarde essa data para sempre) com exclusividade para PC , Goat Simulator chega para realizar nossos sonhos cabrianos (?) nesse simulador mais awesome que já passou na vida de um gamer.

Esqueça tudo que você presenciou nesses anos, com a evolução de consoles e games. Você não vai usar nenhum conhecimento obtido para uso na diversão em Goat Simulator. O game é totalmente escroto, bugado e com aquela aparência de mal feito. ISSO É SENSACIONAL! O game em si não tem uma narrativa específica, um objetivo, e sim se resume em você controlar uma cabra e tocar o terror nas cidades, num mapa de mundo aberto e recheado de locais e objetos que aprimoram a destruição e caos dessa cabra dependente de narcóticos. Para os mais certinhos nas jogatinas, algumas missões simples são disponíveis ao longo do jogo, como por exemplo, acabar com um churrasco numa casa atropelando todo mundo; explodir caminhões em movimento e por ai vai. Tais missões não acarretam em nada no desenvolver do jogo, porque o jogo não se desenvolve e você apenas ganhara pontos num score que não acarreta em nada ao jogo. Pontos são legais… todos gostam de ganhar pontos.

I BELIEVE I CAN FLY ♫

I BELIEVE I CAN FLY ♫

Os gráficos são totalmente pitorescos e recheados de bugs, os quais são praticamente necessários para a diversão e botam qualquer bug de GTA no chinelo! A jogabilidade é super resumida em apenas movimentos escrotos da cabra, gemidos, saltos, cabeçadas e lambidas. Algo sensacional é a capacidade de explodir um posto de gasolina apenas com a cabra lambendo a parede. Já por parte da trilha sonora, uma musica irritante, repetitiva e que enche o saco fica tocando no seu ouvido enquanto o game estiver aberto. MAS TUDO ISSO FAZ O JOGO SER SENSACIONAL!

Não vai ter copa!

Não vai ter copa!

Goat Simulator é aquele jogo idiota que te prende, diverte ao extremo e gera boas risadas. A Coffee Stain Studios merecia todos os prêmios do mundo por nos apresentar o mais descaralhado e genial simulador de todos os tempos. E para os gamers mimimi paga pau pra franquias, tomara que seu save de Final Fantasy suma e apareça uma cabra no meio da noite no seu quarto quebrando seu armário.

Victor Hugo

Jennifer Lawrence curte cabras e abençoou esse post

 

 

 

 

 

 

To aqui só de zoas no final do post. HUEHUE CABRA BR

To aqui só de zoas no final do post. HUEHUE CABRA BR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s