Capitão América: Guerra Civil – O melhor filme do MCU e muito mais

CaptaiN_America_civil_war

12 filmes depois, muitos diziam que a fórmula de universo compartilhado da Marvel começava a mostrar sinais de desgaste. Eu , particularmente, não poderia discordar mais desses profetas do apocalipse que afirmam que o “gênero de super heróis” está em declínio e que a Disney/Marvel só faz filmes repetitivos. Os irmãos Russo já tinham calado esses críticos do mainstream em Capitão América: o Soldado Invernal, quando fizeram um thriller de espionagem protagonizado por super heróis que desafiava qualquer rótulo pejorativo.

Joe e Anthony Russo eram a opção óbvia para dirigir a sequência que prometia colocar o Sentinela da Liberdade em rota de colisão com o Homem de Ferro, em Capitão América: Guerra Civil.  A expectativa era enorme, não só pelo fato de ser uma adaptação de uma das sagas mais cultuadas da história recente dos quadrinhos, mas também por ser o primeiro filme com participação do Homem Aranha, fruto da parceria Disney/Sony. O que vemos em tela é a representação máxima da essência do Marvel Cinematic Universe, um filme que certamente já tem um lugar guardado na história da cultura pop.

Continue lendo

Anúncios

Vingadores: A Era de Ultron – Nerdgasmos múltiplos 2

vingadores-era-de-ultron-poster

Depois de Vingadores atingir a expressiva marca de terceira maior bilheteria de todos os tempos, muitos se perguntaram como a Marvel/Disney faria para superar a enorme expectativa criada em torno da sequência. Tentar ser maior e mais épicopode ser perigoso demais e as vezes menos é mais. Por esse motivo, em Vingadores – A Era de Ultron, a ameaça passa a ser a mais destrutiva de todas as forças universais: as boas intenções do ser humano. Alienígenas saem de cena, para dar lugar a algo mais intimista, mas ao mesmo tempo mais apoteótico.

Continue lendo